terça-feira, 21 de março de 2017

DESAPARECIDOS TERROR NACIONAL MOCKUMENTARY

FALA GALERA...DEPOIS DE BRUXA DE BLAIR,UMA SÉRIE DE FILMES DE TERROR COM O MESMO ESTILO DE DOCUMENTÁRIO,OS CHAMADOS MOCKUMENTARY OU FOUND FOOTAGE FORAM LANÇADOS. E O BRASIL NÃO PODIA FICAR FORA DESSA NOVA TENDÊNCIA CINEMATROGRÁFICA,EMBORA NÃO TEMOS A TRADIÇÃO EM FILMES DE TERROR O FILME NACIONAL "DESAPARECIDOS" É UM DOS MELHORES FILMES DE TERROR A NÍVEL INTERNACIONAL,DESAPARECIDOS SEGUE A MESMA LINHA DE ATIVIDADE PARANORMAL,FATOS ESTRANHOS,E REC,OS CHAMADOS "mockumentaries" CONTA A ATERRORIZANTE HISTÓRIA DE 6 AMIGOS QUE SÃO CONVIDADOS A UMA MISTERIOSA FESTA VIP CHAMADA “Luz, Câmera, Party”,UMA BADALADA FESTA,EM QUE TODOS OS CONVIDADOS SELECIONADOS TERIAM UMA CÂMERA QUE REGISTRARIA TODOS OS PASSOS DOS JOVENS DURANTE A AGITADA MADRUGADA,A FESTA VIP SERIA REALIZADA A NOITE EM ILHABELA,NO LITORAL PAULISTA,MAS DURANTE A NOITE COISAS ESTRANHAS COMEÇAM A ACONTECER COM OS JOVENS,E O QUE ERA PRA SER UMA NOITE DIVERTIDA,SE TORNA O PIOR PESADELOS PARA OS 6 AMIGOS,O AMADORISMO DOS ATORES,DAS IMAGENS,E OS "PALAVRÕES" DOS JOVENS,DEIXA O FILME AINDA MAIS REAL PARA O TELESPECTADOR,O TERROR AGONIZANTE DE DESAPARECIDOS VAI TE PERTURBAR...
Desaparecidos é um filme de terror brasileiro de 2011 dirigido por David Schürmann e escrito por Rafael Blecher e Schürmann. Estrelado por Adriana Veraldi, André Madrini, Charlene Chagas, Fernanda Peviani, Natália Vidall, o filme conta a história de um grupo de seis amigos que após irem a uma festa em uma ilha, desaparecem e apenas câmeras com imagens assustadoras dos mesmos são encontradas pelas autoridades, sendo estas imagens o único meio para descobrir o que aconteceu com eles. Com produção independente, o filme foi rodado por quinze dias em Ilhabela, São Paulo e teve um custo de cinquenta e cinco mil reais. Filmado em formato de pseudodocumentário, sendo comparado ao filme norte-americano The Blair Witch Project (1999). É o primeiro longa-metragem transmídia do Brasil.
Ambientado em Outubro de 2011, seis jovens vão a uma festa vip numa ilha, onde cada um tem que filmar todos os momentos da viagem com uma câmera. Eles desaparecem e as autoridades só encontram as câmeras, sendo a única pista para descobrir o que aconteceu com eles. Após David Schürmann dirigir o documentário O Mundo em Duas Voltas (2007) que conta a história das viagens feita por sua família ao redor do mundo, Desaparecidos começou a entrar em concepção. O longa foi filmado por quinze dias em Ilhabela, São Paulo e teve um custo de cinquenta e cinco mil reais,sendo chamado de "mockumentary".
 
DESAPARECIDOS - VERDADEIRO OU FALSO 
A idéia para o filme surgiu durante o Producer’s Network do Festival de Cannes de 2010, onde Schurmann participou de um bate-papo sobre o mercado transmídia. Empolgado, o cineasta e sua equipe desenvolveram um projeto com foco no público jovem (entre 14 e 18 anos), e que começou a tomar corpo há um ano, quando perfis de 15 personagens fictícios foram montados no Facebook. Não demorou muito para que cada um deles tivesse cerca de 500 amigos. Uma equipe cuidava e atualizava os perfis com postagens constantes. No final de agosto, um desses personagens convidou seus amigos virtuais para a festa “Luz, Câmera, Party”, que seria realizada em outubro, em Ilhabela, no litoral paulista. Como centenas de pessoas responderam ao convite, o personagem explicou que precisaria fazer uma seleção, e que os escolhidos receberiam em casa uma câmera de vídeo leve, no formato de um tablet, que deveria ser usada pelos convidados o tempo todo, pendurada no pescoço por um cordão. Tudo isso, é claro, era fantasia. Apenas os personagens fictícios postaram mensagens no Facebook confirmando que receberam o convite – e assim estava armado o cenário virtual para Desaparecidos. O filme mostra o que aconteceu com seis desses jovens convidados, que desapareceram durante a festa, com imagens tomadas “por eles mesmos”, com a tal câmera-convite.
ELENCO DE DESAPARECIDOS:
= Adriana Veraldi como Carla
    = André Madrini como Rodrigo
    = Charlene Chagas como Alexa
    = Fernanda Peviani como Fábia
    = Natália Vidall como Kamila
    = Pedro Urizzi como Marco
    = Francisco Carvalho como Pescador
    = André Madrini como Escravo
 
A CRÍTICA SOBRE DESAPARECIDOS: 
Desaparecidos foi na sua maioria recebido por revisões mistas por críticos especializados no cinema. Érico Borgo do portal UOL classificou o filme como ruim em sua crítica. Alegando que não passa de uma cópia de filmes estrangeiros, dizendo: "Independente da irrelevância do debate, se Desaparecidos tivesse alguma ideia verdadeiramente sua, talvez valesse a pena. Mas Schurmann faz uma colagem sem-vergonha de tudo o que foi lançado nesse estilo [transmídia] até aqui - e consegue ser ainda pior do que seus antecessores." Lucas Siqueira Cesar do site Cinema na Rede salientou semelhança com o filme "A Bruxa de Blair", dizendo que "O filme é diversão garantida para o público jovem no começo das férias, e não faz feio na principal característica de um filme de terror: "a capacidade de gerar medo.” Roberto Guerra do Cine Click fez uma crítica severa para "Desaparecidos", chamando-o de "difícil de engolir", e que o momento de alívio para o telespectador se dá quando os créditos finais sobem na tela. Sobre as personagens, Guerra diz: "O espectador não é levado a torcer por nenhum dos personagens e muito menos se identifica com quem quer que seja. Todos são chatos e vazios, mal construídos, e nos levam a torcer pelo serial killer. A cada jovem que sai de cena, um alívio.Nem ao menos ficamos na expectativa de quem será o próximo.Tanto faz, desde que não demore muito." Julia Moura do Jornal do Brasil considerou-o como um filme bom, com Moura escrevendo "as tomadas da câmera, ainda que lembrem os filmes já citados [Cloverfield, Atividade Paranormal e Bruxa de Blair], conseguem prender a atenção do espectador", encerrando com a afirmação: "a dificuldade vai ser perder o medo". Desaparecidos foi rodado com um baixíssimo orçamento de 55 mil reais, com direção de fotografia do canadense Todd Southgate, especializado em tomadas dentro de florestas. Posteriormente, foi feito todo um trabalho para “sujar” a imagem com interferências digitais e uma cuidadosa edição de som, para atingir a atmosfera de horror pretendida.
 ENFIM GALERA...OS JOVENS SEMPRE CRITICAM OS FILMES NACIONAIS,SEM NEM MESMO ASSISTIR,MAS QUANDO TEMOS UM FILME LEGAL COMO ESSE,NÃO VALORIZAMOS,TALVEZ POR ISSO "POUCOS" PRA NÃO DIZER QUASE NENHUM FILME DE TERROR É FEITO AKI NO BRASIL,EU ADOREI DESAPARECIDOS,MAS SE VCS AINDA NÃO ASSISTIRAM,FIKA A DIKA,E TA AI O TRAILER DO FILME,VLW GALERA ATE:
 
Postar um comentário