segunda-feira, 4 de junho de 2018

PROJETO BLUE BOOK O MISTERIOSO LIVRO AZUL

Fala Galera...O Misterioso Projeto Blue Book ou Projeto Livro Azul, foi o terceiro estudo conduzido pela Área 51 e a United States Air Force (USAF) a fim de investigar ÓVNIS os objetos voadores não identificados no mundo. Iniciado em 1952, foi totalmente encerrado em janeiro de 1970. Foi antecedido pelo Projeto Sign e pelo Projeto Grudge. O objetivo do Projeto Blue Book era determinar se os OVNIs eram uma ameaça potencial à segurança nacional. Para isso, foram recolhidos, analisados e arquivados milhares de notícias sobre OVNIs. Este foi o último projeto da USAF relacionado a extraterrestres de forma pública até agora. Segundo o capitão Edward J. Ruppelt, até meados de 1951, vários generais de alto posto muito influentes da USAF estavam tão descontentes com o estado das investigações sobre OVNIs da Força Aérea, que desmantelaram o Projeto Grudge e o substituíram pelo Projeto Livro Azul no início do ano seguinte. Durante a sua existência até o final, em 1970 , foram recolhidos 12.618 indícios. Ao final, concluiu-se que a maioria deles eram interpretações equivocadas de fenômenos naturais como nuvens, estrelas, ou aviões convencionais. Muitos foram considerados fraudes. Ao todo, 701 casos - aproximadamente 6% - foram classificados como inexplicáveis. As informações foram arquivadas e estão disponíveis sob a Lei de Liberdade de Informação, mas os nomes dos testemunhos e outras informações pessoais foram eliminados.
Quando o The Blue Planet Book Project foi lançado, ninguém queria assumir a responsabilidade por isso. O autor foi descrito como "Anonymous" e o livro foi sem copyright, com uma explicação estranha sobre ele estar no domínio público porque as notas que foi baseado em eram propriedade do governo. Embora muitos tenham tido um grande interesse no Projeto Planeta Azul, por um longo tempo não foi disponíveis em um formato impresso, apenas alguns lançamentos dispersos em salas de chat e em especiais de TV UFO. Um Pesquisador chamado Jefferson Souza chegou a uma Conferência UFO em maio de 1990 informações rolamento que incluiu dados sobre quais empresas estavam produzindo helicópteros com auxílio da gravidade, bem como informações sobre a sua utilização em mutilações de gado. Quatro homens aparecem como a MIB ou Homens de Preto, e levaram os documentos, e mandaram Jefferson Souza de volta em um avião para Nova Iorque. Enquanto Jefferson Souza parece ser o autor ou pelo menos a pessoa que o introduziu Livro ao público, ele é o único que na verdade era um cientista do governo e escreveu os cadernos em que o livro se baseia. Pois tem um ID habilitação de segurança com o nome dele. Além disso, há várias coisas na vida de Souza, que é paralela a vida do cientista, Embora ele tenha escrito os detalhados livros,eles permaneceram escondidos por um longo tempo e depois do encontro com os homens de preto,o pesquisador Jefferson Souza nunca mais foi visto. De acordo com algumas histórias, Jefferson Souza desapareceu para sua segurança.
 Curiosamente é que alguém vem postando em fóruns Ufo como Jeff Souza,pode ser ele, ou alguém se passando por ele. Sua data de adesão foi outubro 2013. Os posts de Jeff Souza afirma que os originais The Blue Planet Book foram escritos à mão pelo seu proprietário no Primeiro Congresso Internacional de Ufologia, realizada em Tucson Arizona realizada de 03 de maio através do sétimo em 1991. Os cadernos eram Composição cinza Gráfico Notebooks com esboços, diagramas, gráficos, fórmulas e informações sobre Extraterrestrial os dados recolhidos a partir de vários locais ao redor do mundo. O Congresso foi fundada por Lt coronel Wendelle Stevens, aposentado piloto da Força Aérea dos Estados Unidos virou investigador UFO e pesquisador. Lt Col Stevens foi designado para Wright Field em 1946, e sua pesquisa sobre OVNIs começou com todas as informações sobre o acidente de Roswell em 1947. Lt Col Stevens foi assistida com os seus deveres de hospedagem na Conferência por seu bom amigo sargento major do comando Robert O. Dean, que afirma ter visto uma "Cosmic Top Secret" documento briefing sobre UFOs, quando ele trabalhou no Estado-Maior Geral, em SHAPE (Sede Estratégica, Potências Aliadas na Europa), em meados da década de 1960.
Enfim Galera...O Congresso Internacional de Ufologia, realizado em Tucson Arizona em 03 de maio de 1991. teve como tema da Conferência: extraterrestres estão visitando a Terra. E tanto o Projeto Blue Book quanto Jefferson Souza Permanecem um grande enigma na Ufologia Moderna,Vlw Galera Ate.

sexta-feira, 4 de maio de 2018

GRUPO DONAS REVELAÇÃO DO POP FUNK

Fala Galera...O Grupo Donas mal chegou,e já é viral no Spotify Brasil. Elas São As novidades na música Pop Brasileira. Essas meninas mal chegaram e já estão conquistando um lugar nos top virais do Spotify Brasil. As Três são Aposta da Sony Music Brasil,  o grupo Donas lançou seu primeiro Dançante single, chamado “Suar”. Formado pelas jovens Ana, Lanor e Karol, o grupo de Pop Funk promete trazer uma música bastante carioca, misturando vários estilos musicais, de uma forma bastante alegre e dançante. Elas são a grande aposta para a Música Nacional. O Popular clipe de “Suar”, foi gravado em Madureira e mostra o cotidiano dos moradores da região, fugindo do clichê Favela e Praia para falar do suburbano e do negro carioca, mostrando gente de verdade, com muita animação e atitude. Mal chegaram e já estão conquistando um lugar nos top virais do Spotify Brasil.
- “As pessoas sempre nos perguntam: ‘donas de quê?’ Então digo: do nosso corpo, do nosso cabelo e das nossas atitudes e ideias.” Aos 21 anos, Karol Moura passou a responder a esse questionamento, desde que começou a fazer parte do grupo musical Donas, formado com as amigas Ana Santiago, de 20, e Lanôr, 21. Nascidas e criadas em diferentes bairros cariocas, elas lançaram o primeiro clipe, “Suar”, há menos de um mês e já alcançaram mais de meio milhão de visualizações no YouTube. A canção também anda fazendo sucesso nas plataformas de streaming e é fruto do recém-assinado contrato do grupo com a Sony Music.

— A gente não baixa a cabeça para ninguém. Queremos inspirar as pessoas com essa atitude e acho que já estamos conseguindo. Diz Karol, que mora em Cascatinha, comunidade localizada em Vargem Grande.

O recado está dado na primeira música delas. “Tá pra nascer marmanjo safado que nos controle”, diz a letra, cujo clipe foi todo filmado em Madureira, ao longo de 28 horas. É lá, aliás, que mora Ana, a mais “extrovertida” do grupo e apaixonada pelo universo musical brasileiro.

— Adoro Caetano, Gal Costa, Elis Regina... Explorar o que temos por aqui é o mais importante para mim,Ela comenta.

Mas o barato do trio, segundo ela, é que as três integrantes são muito diferentes em vários aspectos. E, justamente por isso, se complementam. Karol, por exemplo, é aficionada por cantoras como Rihanna, Beyoncé e Whitney Houston.
— Todas elas têm histórias inspiradoras e abriram portas para muita gente com seus trabalhos — elogia a fã.

Já Lanôr, que mora no Jacarezinho, tem uma ligação muito forte com o rap e o hip-hop.

— A música me salvou. Foi por meio dela que desenvolvi meu interesse pela leitura e cheguei até os ativistas que tanto admiro hoje em dia — conta.

Enquanto se preparam para lançar a segunda música, as garotas seguem uma rotina de ensaios semanais, com aulas de canto e dança. Durante o carnaval, fizeram várias apresentações e chegaram a subir ao palco do Circo Voador, pela primeira vez, para uma participação no show do New Kids on The Bloco. Aonde elas querem chegar?

— Quero fazer show no Acre — brinca Lanôr. — Nós três carregamos o sonho de ser famosas pela música há muito tempo. Quando tivermos a honra de receber um convite para cantar em um lugar tão distante, será uma realização imensa.

Enquanto se preparam para lançar a segunda música, as garotas seguem uma rotina de ensaios semanais, com aulas de canto e dança. Durante o carnaval, fizeram várias apresentações e chegaram a subir ao palco do Circo Voador, pela primeira vez, para uma participação no show do New Kids on The Bloco. Aonde elas querem chegar?
— Quero fazer show no Acre — brinca Lanôr. — Nós três carregamos o sonho de ser famosas pela música há muito tempo. Quando tivermos a honra de receber um convite para cantar em um lugar tão distante, será uma realização imensa.
Enfim Galera...Elas Vieram Para Ficar, e Juntas Ana, Lanor e Karol,Com Certeza Vão Marcar Seus Nomes No Pop Nacional. Então Fiquem Ai Como o Vibrante São Delas,Pois Elas São Donas, Vlw Galera Ate.

domingo, 29 de abril de 2018

O ENIGMA DO GRAAL DA SANTA SARA KALI

Fala Galera...Um Revolucionário Mistério Rodeia A Origem da Santa Dos Ciganos SARA KALI,Um Enigma Que Mudaria Para Sempre A História Do Mundo Moderno. Santa Sara Kali é a padroeira dos Roma Conhecido Mundialmente Como ciganos. O seu nome, tal como o de Sara no Antigo Testamento, pode ser um nome hebraico que indica uma mulher de alta sociedade, que algumas vezes é traduzido como “princesa”. Já o epíteto Kali significa "negra" ou “escura”, da língua indiana sânscrito, por Sua pele escura. O Seu Popular culto se liga ao das Virgens Negras. As lendas a identificam como a serva de uma das três mulheres de nome Maria que estavam presentes à crucificação de Jesus. E algumas lendas dizem que ela seria a própria filha secreta de Jesus e Maria Madalena. Alguns autores Famosos, como Dan Brown, por exemplo, baseando-se em outras obras como Holy Blood, Holy Grail, e até mesmo O Código Da Vinci sugerem que Sara seria na verdade, a filha de Jesus Cristo e Maria Madalena, dando assim uma linhagem humana a Jesus.
Alguns Documentos históricos falam que ela seria uma velha serva e parteira auxiliar de Maria, e que Jesus, por esta tê-lo trazido ao mundo, teria uma alta estima por ela. Outros, que era uma jovem serva de Maria Madalena. Seu centro de culto é a cidade de Saintes-Maries-de-la-Mer, na França, onde ela teria chegado junto com Maria Jacobina, irmã de Maria, mãe de Jesus, Maria Salomé, mãe dos apóstolos Tiago e João, Maria Madalena, Marta, Lázaro e Maxíminio. Eles teriam sido jogados no mar em um barco sem remos nem provisões, e Sara teria rezado e prometido que se chegassem a salvo em algum lugar ela passaria o resto de seus dias com a cabeça coberta por um lenço. Depois disso Eles chegaram a Saintes-Maries, onde algumas lendas dizem, que todos foram amparadas por um grupo de Nômades Que No futuro se tornariam o chamados ciganos. Se tornando assim a Sagrada Santa Deles.
A imagem de Santa Sara fica na cripta da igreja de Saint Michel, onde estariam depositados seus ossos. Fontes variam: se sua canonização consta de 1712, ou se é uma santa regional. Sua festa é celebrada nos dias 24 e 25 de maio, reunindo ciganos de todo o mundo. Sua imagem é coberta de lenços, sendo ela uma protetora da maternidade. Mulheres (romi) que não conseguem engravidar e mulheres que pedem por um bom parto, ao terem seus pedidos atendidos, depositam aos seus pés um lenço (diklô). Centenas de lenços se acumulam aos seus pés. As pessoas fazem todo tipo de pedido para Santa Sara, por sua fama de atender todos os que depositam verdadeira fé nela. Santa Sara é a santa dos desesperados, dos ofendidos e dos desamparados.
Enfim Galera...Assim Como Maria Madalena,Sara Kali Foi Esquecida Pela História. Existem Muitos Mistério Nas Origens Das Religiões, e Santa Sara Kali é Mais Um Deles, Mas Não Existe Segredos Eterno, E Se As Chocantes Lendas De Sara Forem Reais, Cedo Ou Tarde Elas Serão Reveladas, Mesmo Com a Maioria Dos Cristões Tentando Abafa-las Ao Esquecimento. Tirem suas Próprias Conclusões Sobre Ela,Vlw Galera Ate.

domingo, 1 de abril de 2018

A MALDIÇÃO DE OAK ISLAND O SEGREDO DA ILHA OAK

Fala Galera...A Série A Maldição De Oak Island mostra os bastidores das escavações Dos irmãos Marty e Rick Lagina na Temida Ilha Oak. A Chamada Oak Island ou a Ilha do Carvalho. Tem cerca de 570 mil m2 aproximadamente 60 campos de futebol. Em 1795 circularam rumores de que, motivados por luzes estranhas, três proprietários no sudeste da ilha escavaram por cerca de 10 m, encontrando pedras com inscrições estranhas a cada 3 m. Em 1803, uma companhia marítima adquiriu o lote e reiniciou o trabalho. Aos 27 m de profundidade, a empresa encontrou uma grande pedra com inscrições e símbolos. No dia seguinte, a escavação foi inundada até o nível de 10 m, sem explicação aparente. Um dos lugares mais bizarros do mundo é a macabra e misteriosa ilha Oak. A Oak Island ou “Ilha do Carvalho” é uma ilha no Condado de Lunenburg, na parte sul da Nova Escócia, no Canadá. Muitos acreditam que nessa pequena ilha do Oceano Atlântico está enterrado o lendário tesouro dos Templários, o mesmo que fez com que Filipe, o Belo, destruísse a ordem. Um rumor do século 18 sobre esse tesouro secreto iniciou um mistério que persiste até hoje. Os escritos receberam várias “traduções” diferentes ao longo dos anos, e, ampliando o mistério, em 1910 ou 1911 a rocha desapareceu do museu na cidade de Halifax, onde estava em exibição. A imprensa começou a prestar atenção no caso a partir de 1856. Cinco anos depois, aconteceram as primeiras mortes. Cinco operários faleceram quando o solo cedeu na obra, pouco depois de supostamente avistarem baús de tesouro. Surgiram suspeitas de que o lugar tinha uma armadilha e uma maldição. Pois o segredo de Oak Island só seria revelado quando sete pessoas morressem.
Durante décadas, as escavações continuaram falindo empresas e empresários. Até 1967, o lugar já havia passado por nove donos diferentes. O máximo de profundidade a que se chegou nessa época foi 55 m. Nada de tesouro milionário, o que mais se encontrou, supostamente, foram ferramentas antigas e corpos em decomposição. Os atores John Wayne e Errol Flynn e até o presidente Franklin Roosevelt se arriscaram investindo no mistério. Em 2006, após anos de batalhas judiciais, a maior parte da ilha ficou com os irmãos Marty e Rick Lagina. Eles protagonizam o reality show investigativo A Maldição de Oak Island, do History Channel. As teorias do que está enterrado lá são das mais variadas, quase sempre baseadas em rumores. Uma diz que é a grana guardada por marinheiros espanhóis de um galeão naufragado ou de um navio britânico. Outra fala que engenheiros militares franceses esconderam o tesouro da fortaleza de Louisbourg antes de ela ser dominada pelos ingleses na Guerra dos Sete Anos. Também há lendas envolvendo o butim dos piratas Capitão Kidd ou Edward Teach, o Barba Negra. Este último dizia que sua fortuna estava tão bem escondida que só seria encontrada por ele ou pelo diabo. Uma história ainda mais surreal é a de que uma das amas de Maria Antonieta teria levado para lá as joias da rainha, antes da invasão de Versalhes durante a Revolução Francesa. O cientista e filósofo britânico do século 16 Francis Bacon aparece em duas teorias. Segundo um livro de 1953,Oak Island abrigaria os manuscritos perdidos de Shakespeare, na verdade escritos por Bacon.Que haveria na ilha uma sala oculta construída por ele e membros da sociedade secreta de Rosacruz, cheia de obras de arte, objetos de valor e documentos históricos.
Outro livro, Oak Island Secrets, de Mark Finnan, aponta para outra sociedade fechada: a Maçonaria. Marcações cifradas descobertas nas escavações fariam referências a rituais desse grupo. Mas tudo começou No verão de 1795, Daniel McGinnis, ainda adolescente, perambulava na ilha de Oak Island, Nova Escócia, Canadá, quando cruzou com uma curiosa depressão circular no solo. Sobre a depressão estava uma árvore e em um de seus galhos encontrava-se dependurada uma polia de navio. Tendo ouvido falar dos contos de piratas naquela região, decidiu voltar para casa e retornar para investigar o buraco. Nos dias que se seguiram, McGinnis, com seus amigos John Smith e Anthony Vaughan, trabalharam no buraco. E o que descobriram os deixaram atônitos. Dois pés abaixo da superfície, havia uma camada de cascalho cobrindo o poço a 3 metros, encontraram uma camada de tábuas de carvalho (madeira típica da Europa). Depois de 6 ou 9 pés mais a fundo, encontraram mais tábuas. Não podendo continuar sozinhos, voltam para casa, mas com planos de retornar suas escavações. Levou-se 8 anos para que os três descobridores retornassem, mas eles retornaram com a The Oslow Company, fundada com o propósito da busca. Começaram novamente a escavar, e rapidamente voltaram aos metros que alcançaram oito anos atrás. Continuaram descendo para 27 metros encontrando uma camada de cascalho a cada intervalo de 3 metros. Mesmo com as camadas, aos 12 metros uma camada de carvão foi encontrada. Aos 15 metros uma camada de piche, e a 18 metros uma camada de fibras de coco. A 27 metros escavados, a mais intrigante prova de que alguma coisa estava enterrada ali fora encontrada: uma pedra com inscrições em um alfabeto misterioso. Uma das possíveis traduções seria: "Quarenta pés abaixo, dois milhões estão enterrados." Depois de tirar mais uma camada de tábuas de madeira a 27 metros de profundidade, continuaram a escavar. Então a água começou a inundar o poço. No dia seguinte o poço estava cheio até o nível de 10 metros. Bombear não funcionava, então no ano seguinte, um novo poço foi cavado 30 metros mais abaixo. Desta forma o túnel passava por cima do já batizado "Poço do dinheiro". E mais uma vez a água inundou, e a busca foi abandonada por 45 anos.
Enfim Galera...A The Oslow Company, inadvertidamente, rompeu um canal de água de 152 metros, que fora cavado perto da "Smith's Cove" a cova do Ferreiro, pelos construtores do poço,e uma engenhosa armadilha surpreendeu a todos.Tão rápido a água era bombeada, o buraco era novamente preenchido pelo mar. Essa fora a descoberta de uma pequena parte do intrincado plano dos construtores desconhecidos do poço para manter as pessoas longe de seu conteúdo. Mas Em 2 de Janeiro de 2006, após 40 anos de sonhos frustrados, Dan Blankenship e David Tobias decidem fechar seus negócios e colocaram a ilha à venda, sendo comprada por Marty Lagina e pelo seu irmão Rick Lagina.E a maldição da ilha Oak permanecem Intrigando estudiosos ate hoje,Vlw Galera Ate.